The Latest

Ai você está deitada na cama e do nada escorre uma lágrima de seu olho, e depois outra … E quando você vê já está chorando sem parar..
Maio 11, 2014 / 106 notas
Maio 11, 2014

Outono


Um dia outonal, frio e cinza. As folhas caem delicadamente sobre o gramado amarelado, como se fossem ali colocadas. Os cabelos balançam no rabo de cavalo desgrenhado exalando um perfume de maçã verde. Parece um dia perfeito para não se fazer nada, só olhar o horizonte e pensar no branco. Um branco tão puro como sorriso de criança.
E nesse branco ela deleita-se nas páginas de um romance clichê, daqueles impossíveis de se acontecer. Sentido as páginas ásperas e firmes, observando as letras garrafais de um negro denso. Assim seria a vida? Áspera e firme? Negra e densa?
O romance se torna tão chato e previsível que a garota fecha o livro com força e pensa no nada. No nada que ainda vai escrever nas páginas da vida com letrais garrafais. Observando as folhas no chão, o seu nada se torna algo bonito, simples e delicado. O seu nada se torna o outono.

Llavinya, Gleyce.

upclosefromafar:

❇
Maio 11, 2014 / 9.057 notas
Maio 10, 2014 / 1.335 notas
Maio 10, 2014 / 13.126 notas

(via olddwest)

Maio 10, 2014 / 406 notas
Maio 10, 2014 / 112 notas
Maio 10, 2014 / 57 notas
Maio 10, 2014 / 247 notas

(via morbidavel)

Maio 10, 2014 / 15.273 notas
Maio 10, 2014 / 187 notas
mitchgeeee:

Illustration for Issue 11 of Popshot magazine. 2014.
www.popshotpopshot.com
Maio 10, 2014 / 8.000 notas

mitchgeeee:

Illustration for Issue 11 of Popshot magazine. 2014.

www.popshotpopshot.com

abr. 13, 2014 / 2.206 notas

(via ataqueverbal)

abr. 13, 2014 / 1.497 notas
abr. 13, 2014 / 77.505 notas